Depressão infantil: Meu filho está triste ou deprimido?

Depressão infantil: Meu filho está triste ou deprimido?

De acordo com o Manual de Diagnóstico e Estatística dos Transtornos Mentais (DSM-V), a depressão infantil é semelhante a depressão do adulto, de forma que os mesmos critérios de diagnósticos de depressão no adulto podem ser utilizados para avaliar a depressão na criança. Engana-se quem acha que não existe depressão infantil. As pessoas acreditam que nessa fase da vida não há problemas que possam fazer uma criança ficar deprimida.

Como a criança ainda está formando seu repertório de reconhecimento e de comunicação para falar de seus sentimentos, ela não consegue compreender de forma clara o que está sentindo e nem consegue exteriorizar adequadamente seus sentimentos. Geralmente, elas demonstram seus sentimentos através de sintomas físicos e comportamentos que diferem dos das crianças com a mesma idade.

Dessa forma, a criança com depressão apresenta vários sintomas, desde os mais leves, como reações normais de tristeza frente a situações estressantes, até sintomas mais graves, que podem levar a uma condição clínica, onde há a vivência de um enorme sofrimento. É necessário compreender que a depressão infantil é um distúrbio de humor que vai além da tristeza normal e temporária, ela é uma perturbação orgânica, que envolve variáveis sociais, psicológicas e biológicas.


Fonte: https://blog.psicologiaviva.com.br/depressao-infantil/

Deixe um comentário